Tecnologia é aliada na hora de fidelizar clientes

Uma preocupação constante de quem tem uma empresa é de como fazer o cliente se tornar freguês. Fidelização não é gasto, é investimento. O empresário Sérgio Navarro, por exemplo, montou uma barbearia há dois anos. E para deixar o local com a cara do cliente, ele foi acrescentando bar, charutaria, sinuca, pebolim e videogame. Não é à toa que 80% dos clientes que frequentam o lugar, voltam.

“Aqui temos lema, aqui colecionamos amigos, e a ideia central é essa. Quando o cliente entra aqui ele é tratado como amigo e o que é ser amigo? Jogar sinuca etc. A ideia é o cliente se sentir em casa”, diz Sérgio.

Para o consultor de negócios Cláudio Carvajal, Sérgio acertou. “Criar um ambiente que seja adequado aquele público é importante no processo de fidelização”.

Fidelizar é mais barato que conquistar novos clientes

Estudos mostram que manter um cliente antigo fica cinco vezes mais barato do que conquistar um novo. “Além disso a cada 5% de aumento na taxa de fidelização dos clientes você consegue melhorar o lucro da empresa em mais de 25%”, diz Cláudio.

Sérgio já percebeu isso na prática. “Fidelizar é tudo. Eu tenho muito menos clientes novos do que antigos. Se meu cliente antigo não vier estou falido, então eu tenho que ter foco nos meus clientes que são meus clientes. Os novos vêm agregando, mas a taxa de crescimento da barbearia se não tenho o antigo, acabou”.

Tecnologia é aliada

Fidelizar é nunca deixar o cliente sair insatisfeito e, ainda, oferecer comodidade e praticidade. Uma grande aliada nessa tarefa é a tecnologia. Para incrementar ainda mais o salão, Sérgio também investiu R$ 10 mil em um aplicativo desenvolvido pela empresa do Victor Sorroche, que é especializada em criar programa de gestão online para salões de beleza.

“O salão escolhe quantos pontos ele vai ganhar por cada serviço, e ele consegue acompanhar esses pontos no próprio aplicativo. Ele vê quantos pontos ele está de atingir a meta e ganhar um serviço ou desconto dentro do estabelecimento”, explica Sérgio.

O programa também manda mensagens de aniversário e promoções, que é outra forma de fidelizar o cliente. E tem um serviço batizado de “procura-se” para o cliente que está sem ir na barbearia há mais de 4 meses. A empresa manda um email marketing, informando que ele está sendo procurado, e que se ele “se entregar” imediatamente, vai ter 50% de desconto. O aplicativo ainda elabora relatórios como o índice de fidelidade, o que ajuda a saber quantos dos últimos 100 clientes retornaram.

Sérgio não tem do que reclamar. “Nessa última quinzena voltaram 99 pela taxa de retorno. É conversa, bate papo, ver o que ele quer falar pra você. Barbeiro e psicólogo, técnica na tesoura, e bom de papo.” Fonte: Portal G1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *